5 dicas para garantir compras seguras na internet

Práticas e mais baratas, as compras pela internet precisam ser feitas com precaução

O e-commerce é um meio de vendas que veio para ficar.

Práticas, divertidas e muitas vezes mais baratas, as compras pela internet são uma tendência irrefreável: de acordo com dados da Confederação Nacional do Comércio, estima-se que somente em 2021, o e-commerce movimentou 308 bilhões de reais, avançando cerca de 38% em relação ao ano de 2020.

A mudança de hábito nas compras foi fortemente influenciada pela pandemia: o crescimento foi de 73% em relação à 2019.

Contudo, é preciso ter cuidado.

A empresa de antifraude em pagamentos online Konduto, estima que até junho de 2021, das mais de 25 milhões de compras analisadas no e-commerce brasileiro, 280 mil eram fraudulentas.

Constantemente instalando meios de proteção e orientando usuários, grandes empresas procuram proteger os consumidores.

Com algumas medidas, você também pode se proteger.

Confira:

Não grave dados de cartões em lojas:

Pode ser que apareça uma opção fraudulenta que não seja a inteligência do seu telefone. Em geral, elas advêm de caixas de diálogos durante a compra.

Evite comprar acessando Wi-Fi público:

Não use computadores e Wi-Fi públicos ao fazer suas compras online, essas redes são menos seguras. Se você realmente precisa fazer uma compra fora de casa, use o modo de dados do seu celular.

Se o preço está muito abaixo da pesquisa, evite a compra:

Apesar de promoções derrubarem preços, o item que você procura não vai custar entre 20% e 30% do valor original. Não confie em pechinchas irrealistas.

Use antivírus:

Hackers utilizam vírus para roubarem dados de computadores.

Garanta que seu computador opera com barreiras contra eventuais “assaltos” de dados.

Prefira comprar com seu cartão de crédito:

Caso haja algum problema, o reembolso é mais simples e viável com a segurança do cartão de crédito e, assim, você pode evitar prejuízos irrecuperáveis com compras em espécie, por exemplo.

Tags: compra segura compras na internet e-commerce