Quer mais dinheiro? Aprenda novas condutas

O lema da saúde financeira é organização

No Brasil, de modo geral, o foco da população é arranjar uma renda para o pagamento de contas. Prova de que, desde muito cedo, aprendemos condutas em excesso medíocres sobre como administrar nosso dinheiro.

Pagar contas é fundamental, entretanto, muito mais pode ser feito no âmbito financeiro. Lazer, investimentos, realização de sonhos: tudo pode e deve ser computado nos ganhos mensais e futuros.

Como em todos os pontos decisivos quando o assunto é saúde financeira, o lema para ter dinheiro sobrando depois da cobertura das despesas, é organização.

Para que você chegue lá, separamos dicas valiosas de controle financeiro a seguir:

Comece fazendo sacrifícios

O início da saúde nas finanças é a construção de um bom desempenho, por isso, estude!

Noções de educação financeira são a chave para o controle de despesas e uma forma segura de garantir bons investimentos.

Atitudes que dificultam a correta aplicação do seu dinheiro também são sacrifícios que você terá de fazer: hábitos são difíceis de eliminar, mas, a ação é fundamental para poupar.

Preze pelo ideal que você almeja e corte o desnecessário até que haja dinheiro para isso com rendimentos do seu esforço.

Trabalhe para o seu enriquecimento, não para dar dinheiro a terceiros

Não faça empréstimos ou aceite negócios cobertos de juros para realizar desejos momentâneos.

Uma boa educação financeira valoriza cada centavo preservado porque cada um deles constrói sua conta bancária.

Esta talvez seja a meta mais difícil do percurso, já estamos tão acostumados a achar normal a perda de dinheiro em juros e taxas que parece um desperdício abrir mão de oportunidades de aquisição de itens de consumo desejados para poupar o que parece pouco.

Livre-se desse pensamento e valorize seu dinheiro. Aplique-o para ter o que deseja em prazos estipulados ao invés de perde-lo em maus negócios.

Estruture seu pensamento financeiro.

Esteja preparado para resistir às críticas

Muitas pessoas que ainda não estão nessa fase, dirão que você está perdendo oportunidades de desfrutar da vida.

Analise cada aspecto deste tipo de argumento e pondere sobre se faz sentido ou não.

Como mencionamos anteriormente, a meta aqui é planejamento futuro, não total abstinência de prazeres materiais.

À medida que o progresso de seu orçamento se apresentar, você pode realizar sonhos de maneira mais segura e responsável.

Administre com critério e persistência, os resultados certamente virão.

Tags: finanças organização

Veja mais